Sábado, 19 de Abril de 2008
Cá na terra…

Vivo numa aldeia que não está à beira-mar plantada mas há quem meta por cá muita água.

Para aqueles que pensam que uma aldeia é um sítio pacato é porque seguramente jamais visitaram a minha santa terrinha.

Imaginem uma tranquila manhã de sábado em Agosto. Subitamente um pequeno incêndio, que lavrava numa escondida mata, pedia para ser combatido.

Os Bombeiros acorreram ao local, assim como o respectivo apoio aéreo. Apoio esse tão brilhantemente eficaz que, para além de se ir despenhando contra o telhado de uma casa, aterrou no meio da estrada, e ao levantar voo rebentou os candeeiros da rua com a sua hélice.

Quem é que disse que aqui não há acção, quem foi?!!!

Mas se os burros estão em vias de extinção, aqui há muitos e à escolha. Então não é que 4 alminhas, já bem bebidas, se lembraram de vir da cidade vizinha, os 4 montados em cima de um burro até à nossa aldeia…o santo do animal aguentou bastante, mas ao chegar aqui acabou por perder a vida. Puseram mãos à obra, enterraram o animal numa zona verde e deixaram-no com a cabeça de fora…era para ir vendo quem passava provavelmente lol

Para a próxima mais efemérides cá do sitio…se alguém quiser visitar…sinta-se convidado!!! ;-)



publicado por Sofia às 22:54
link do post | SORRIR | favorito
|

10 comentários:
De Jorge Soares a 19 de Abril de 2008 às 23:09
Olá

Mas afinal...tu vives donde?...

Excelente post.. e muito divertido.....

Tens que escrever mais vezes...

Beijinho
Jorge


De sergio a 19 de Abril de 2008 às 23:34
bem tou a ver ke a tua aldeia é mt imocionante!!!lol alem do incendio tb o burro mereceu destake coitado imagino o pobre animal a andar com 4 bebados e com a bebedeira faxem desacatos ou ate maltrataram o pobre bicho.

bjokas sofia e da mais noticias....passo para a reporter sofia...daki é td lol


De Bruna Dias a 20 de Abril de 2008 às 01:05
Olaaa Amiguinha!!!

Bem, como não podia deixar de ser, cá estou eu novamente!!!!!!!

Pois é, quem pensa que numa terrinha não se passa nada….está bastante enganado, hehehe!!! E só estes pequenos episódios que contaste…hummm…deixa logo no ar a ideia de fazer um filme de…terror?? Ou…talvez…comédia??? :D

Essa do burro com a cabeça de fora, depois de morto….deixa um pouco a desejar… será que, quem o enterrou…pensava que o coitado do animal precisava de ar puro para respirar?!!! (ainda eram mais burros que o Burro!!!)heheheh…

É realmente uma “santa” terrinha das aventuras e desventuras!! :D

Continua a postar essas magníficas histórias!!!! bejitos*****


De PegadasN'areia a 20 de Abril de 2008 às 15:13
eu ainda tenho de aí ir com a Lara :)
beijinhos
gosto mt ti amiga*


De silenciodasondas a 20 de Abril de 2008 às 22:54
quem dize que não se passa nada nas pequenas aldeias pra rir não a melhor nas cidades não se passa nada assim
continua a publicar
PS:coitado du burro lol
jokas grandes


De Nuno a 21 de Abril de 2008 às 20:53
Vejamos... Na verdade, a tua terra é cheeia de acontecimentos com muita acção, realmente é verdade. Tanta acção que bate qualquer filme de Bruce Lee, ou de outro karateca parecido. No meu ponto de vista, e por aquilo que foste escrevendo ao longo do teu post, dá-me um parecer muito positivo das nossas corporações deBombeiros, que sem dúvida hajem com muita eficacia. Achei particularmente engraçada a "curta-metragem" do burro. De facto há pessoas com uma imaginação fora do vulgar e por isso lembram-se de fazer estas anormalias. Mas, nunca nos devemos esquecer que vivemos em Portugal e neste País tudo é possível.

Beijinhos
Nuno


De Marta a 22 de Abril de 2008 às 21:44
A do helicóptero eu sabia... agora essa do burro... loooooooooooooooooooooool :D
Beijinhos


De olhosverdes21 a 24 de Abril de 2008 às 09:43
Olá linda!
Mas que terra tão emocionante!!! Estou a ver que a monotonia não passa por aí! ;)
Tenho que conhecer essa animada terra com a Carina!! :)

Beijocas Gigantes!!!!


De Fabio a 25 de Abril de 2008 às 19:47
Oieee....
essa terrinha querida q vc tanto fala um dia eu vou conhecer com certeza viu!!!
conto os dias pra conhecer....
quando eu tiver a oportunidade passo por ai....
ora pois!! sauuhsahusauh


De Carlos Romero a 28 de Maio de 2008 às 14:12
Delicio-me ao ler essas crônicas em um português tão sonoro e tão poético.
Tomara que essa unificação ortográfica que se anuncia jamais tenha o condão de arranhar a sonoridade do idioma português de raiz, que é o de Portugal.

Carlos Romero
João Pessoa - Brasil


Comentar post

Mais sobre mim
Sorrisos Recentes

Fim de Semana de Culinári...

Quem corre por gosto às v...

Sai mais uma fornada de b...

Lá vinha ele a galopar......

As minhas bolachinhas de ...

Um amigo de 4 patas

Quando o semáforo está in...

De 31 de Outubro a 1 de N...

Mais vale um pássaro na m...

Quase que se estragava o ...

profile editor

profile editor

Arquivos
As minhas artes no Facebook

SofiaSantos Cantinho Das Decorações

Cria o teu cartão de visita
tags

as crianças(4)

cá na terra(10)

coisas que me acontecem(23)

culinárias(1)

histórias da minha terra(13)

noticias(9)

o que tenho feito(6)

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds